02 novembro 2012

O furo no Barco








O pedaço de corda

Um rico mercador comprou um maravilhoso candelabro para sua casa. Era uma obra-prima, feita de puro cristal e incrustada com pedras preciosas. Custou uma verdadeira fortuna.

A fim de pendurar o maravilhosos lustre, o mercador mandou fazer um furo no forro de sua casa. Através do buraco, deixou o final do cordão pender na sala, e atou-o ao candelabro. O outro pedaço ele amarrou a um prego no sótão. Então puxou o cordão até que o candelabro ficasse pendurado do teto de sua sala de estar. O restante da corda, enrolou em volta do prego no sótão.

Todos que vinham à casa admiravam o maravilhoso lustre, e o mercador e a família sentiam-se muito orgulhosos.

Certo dia apareceu um garoto pobre, pedindo roupas velhas. Disseram-lhe para subir ao sótão onde roupas velhas estavam guardadas, e servir-se de algumas. Assim fez o mendigo. Recolheu uma boa quantidade de roupas, colocou-as na sua sacola, então passou a procurar um pedaço de corda para amarrá-la. Viu um pedaço de cordão enrolado em um prego e decidiu pegar um pouco. Tirou do bolso uma faca e cortou para si um pedaço.

Crash! Ouviu-se um grande estrondo e, no momento seguinte, toda a família correu para o sótão gritando: "Seu idiota! Olhe só o que fez! Cortou a corda e nos arruinou!"

O pobre garoto não podia entender o porquê de tanto rebuliço. Disse então: "Que quer dizer, 'arruinei' vocês? Tudo que fiz foi cortar um pedacinho de corda. Certamente isso não é suficiente para arruinar vocês!"

"Seu tolinho!" - replicou o mercador. "É verdade, tudo o que fez foi cortar um pedaço da corda. Mas acontece que meu precioso candelabro estava dependurado nela. Agora, você o quebrou de forma tal que não há concerto possível!"

Moral da História

Estas duas histórias, caro amigo, têm uma moral. Quase sempre, ao fazer o que nos parece ser "uma pequena mitsvá," nunca sabemos que coisa maravilhosa fizemos, na verdade. E ao contrário, ao fazer aquilo que tem toda a aparência de uma "pequena" transgressão, causamos uma terrível catástrofe.

Tanto as boas como as más ações causam uma "reação em cadeia". Uma boa ação traz outra em sua esteira, e uma transgressão provoca outra. Cada uma delas, não importa quão aparentemente "pequenas", pode criar ou destruir mundos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

II cronicas 7:14-16

se meu povo, que chama pelo meu nome se humilhar,e orar, e buscar a minha face, e se desviar dos maus caminhos, entao eu ouvirei do ceu, e perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. agora estao abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos a oracao que se fizer neste lugar. pois agora escolhi e consagrei esta casa para que nela estejam meu nome para sempre, e nela estarão fixo os meus olhos e o meu coracao perpertualmente.

Envie esta página a um amigo!
Indique o Site!

contador de hists

visitantes

graciene

graciene

Graciene e Ana Julia

chiquinho

Ocorreu um erro neste gadget

ANA JULIA, MINHA NETA FOFA

ANA JULIA, MINHA NETA FOFA
uma estrelinha
Ocorreu um erro neste gadget

Recent Posts

Pesquisar este blog

Pictures of Butterflies

Loading...

Páginas